jump to navigation

Publicidade x Advocacia 12 maio, 2008

Posted by acanuto in Boas Práticas.
3 comments

Trata-se de um tema bastante delicado, todavia, não custa o lembrete , que a propaganda realizada pelo advogado não deve ter caráter comercial, deve ser comedida, não devendo incentivar a litigância, e sim, estimular o acordo, e acima de tudo deve manter a sobriedade atinente naturalmente aos bons advogados .

Cada dia mais, vejo que tal norma pouco é obedecida, em detrimento da vaidade pessoal, e poder político, aliás influência política seria o termo mais apropriado, que certos “advogados” tem. Um sábado destes, não faz muito tempo, me deparei com uma cobertura de um daqueles programas que fazem eventos sociais, da inauguração do escritório de advocacia, de um ex-presidente de Tribunal, o citado escritório cheio de convidados do mundo jurídico, entre eles : juízes de 1º grau, desembargadores da ativa, seus assessores, advogados “medalhões”, políticos ( o governo e de oposição), entre outros.

Pergunto aos estimados leitores, nesse escritório, o que será a característica mais relevante a ser levada em conta, o direito, a justiça, ou a condição de seu sócio majoritário de ex-desembargador presidente do tribunal. Está claro para todos.

Na condição de advogado jovem, mas a moda antiga, no que diz respeito a honrosa condição de causídico. Não penso ser este um bom meio para se acessar o mercado, é claro que todos querem visibilidade, ademas, com a grande quantidade de bacharéis que temos, é desesperador. Todavia, digo-lhes com a segurança de quem milita nas regras do bom combate, seu espaço caro colega está aí no mercado, só depende de você conquistá-lo, e a fórmula é simples porém trabalhosa. Primeiro, há que ser ter paciência, pois onde se utiliza mais tempo é na base, nas fundações, e segundo, é estudo continuo, sempre para se manter competitivo , e finalmente, trabalho, ético, e disciplinado.

A luta da advocacia, na minha modesta opinião, deve ser no sentido de melhorar o nível de conduta e técnico dos advogados, pois daí com certeza teremos melhores decisões judicias; ser contido nos sucessos e forte nas derrotas; não olhar o direito por apenas um prisma, mas sim pelo prisma da justiça, e sempre colocando o direito do cliente em primeiro plano; neste aspecto, sempre estudando, pois patrocinar uma causa, é ter a condição de defender os direitos de uma pessoa, e para isso, devemos sempre está o mais preparados possível no momento que a oportunidade se apresentar. Não se curvando para quem quer que seja, a não ser a lei, a baliza maior de todo bom operador de direito.

Seja portanto altivo, destemido, e sensato no teu proceder, que assim terás sempre um exemplo a te preceder, e não tenhas metas, pois estas são secundárias, tenhas bons princípios, e nunca se afaste deles, pois com eles o caminho será sempre glorioso.

Sendo assim, fácil é concluir que a melhor propaganda de um advogado é o seu proceder diário, sua disciplina no estudo, e ser respeito a tudo e a todos, pois conforme disse o sábio Sêneca : ” os bons de bons se cercam “, façam de forma irretocável o seu trabalho que as conseqüências serão magníficas. A advocacia merece os melhores.

André Canuto